07 outubro, 2007

Lenda

" O teu pai nunca deveria esquecer-se de que o Flautista de Hamelin também era um caçador de ratazanas - diz em tom de ameaçador. "



Um exemplo de como uma bonita história pode servir como um péssimo exemplo.



Pág. 105, A Sétima Porta

2 comentários:

José Cavalheiro disse...

Boa noite!
Fazia falta por cá um Flautista de Hamelin para fazer uma caçada ás ratazanas deste "país de Sócrates".
Hei-de ler um dia esse livro de Richard Zimler
Fica bem

totoia disse...

Olá José, concordo inteiramente consigo.

Tenho a certeza que irá gostar da Sétima Porta.