08 dezembro, 2006

Divertido


Gostei do conto de Mário de Carvalho. Gostei da forma como está escrito. Ainda não li nenhum romance dele mas fiquei com vontade, não sei se repararam mas os títulos das suas obras são sempre extensos e diferentes, aguçam a curiosidade.
Eu compro muitos livros apenas pelo título ou até pela capa, sou um alvo fácil das técnicas de marketing mas não consigo evitar!

6 comentários:

Sandra B. disse...

Eu também sou uma alvo fácil das técnicas de marketing e até agora salvo raras excepções não me tenho desiludido!

Nunca li Mário de Carvalho, ele é muito descritivo na sua escrita??

Ela disse...

Nunca li Mário de Carvalho, mas tenho no meu molskine a anotação de dois livros a comprar. Numa próxima ida à fnac não saírei sem eles..."Era bom que trocássemos umas ideias sobre o assunto". Julgo ser este um dos titulos recomendados.

totoia disse...

Olá Sandra b. eu infelizmente já me desiludi algumas vezes, a mais recente foi com o Último Papa que achei muito fraco. Quanto ao Mário de Carvalho só li o conto dele, não o achei muito descritivo, mas com apenas um conto não chega para tirar grandes conclusões.

Olá ela, esse é um dos mais conhecidos dele, já o comprei há algum tempo, assim que terminar algumas leituras obrigatórias vou ver se lhe pego. Se puderes lê o conto que propomos, tens o link em cima, é mesmo engraçado.

Sandra B. disse...

Penso que num conto do referido se poderá ver se o escritor é descritivo, ou não mas vou dar o beneficio da dúvida a Mário de Carvalho!

Beijinhos!
Bom fim de semana!

david santos disse...

Eu sou igual, também compro os livros da mesma forma. Não lhes conheço o conteúdo, por isso às vezez compro uns barretes, paciência. A verdade é que convém ler um pouco de tudo.
Parabéns.
Obrigado

Nem só de pão vive o homem disse...

Eu escolho. De Mário de Carvalho leia o seu melhor romance escrito até hoje: Um Deus Passeando pela Brisa da Tarde. Falo de Literatura. Uma pequena obra-prima.