14 junho, 2006

Piropos

«A partir daí deu-me para os piropos. Piropo tem mal? Não tem. Vem dos antiquíssimos madrigais, ou antes, antes, desde que existem mulheres e homens com olhos na cara.
(...) os piropos são homenagens que se prestam, com ou sem objectivo.»
in Primeiro as Senhoras, P.29

Há dias em que um piropo, inteligente e com humor, nos ajuda a levantar a moral. Não concordam?
O que pensam os homens deste bom malandro?

2 comentários:

india disse...

Não sendo homem, também gosto de um piropo refinado. Abomino aqueles "fiu-fius" no meio da rua e outras parvoíces idiotas. Desconfio que anda aí uma falta de imaginação e bom gosto... Oh gente...

Laranja com Canela disse...

Fazem falta bons malandros com humor refinado, que nos levem a sorrir. Rapazes toca a puxar pela criatividade.