16 março, 2007

Bibliotecárias sensuais! Gosto da expressão.


Juízas e bibliotecárias, duas categorias sensuais. Bibliotecárias de traseiros amadurecidos, sentadas, a preencherem fichas bibliográficas, verões silenciosos entre estantes de monografias regionais, estudos sobre a indústria local, sobre artesanato (...) mas sentadas durante dias inteiros, moldando rabos que iam amadurecendo de mês para mês, ele costumava olhá-los, sim.”
Sentadas durante dias inteiros é que já não é bem assim, o melhor é voltar a olhar para uma bibliotecária e ver como as coisas mudaram.

1 comentário:

Minerva McGonagall disse...

Se ele visse o meu rabiosque, mudava logo de ideia...