24 outubro, 2006

O Segredo de um Coração Traído


Depois dela
Fiquei assim
A Balançar ao vento
Sem ela

Depois dela
Perdi o norte
E dancei na chama
Sem sela.

Depois dela
Procurei a estrela
E caminhei pela memória
Sem trela.

Depois dela
Emprestei a alma
E encontrei um vagabundo
Sem terra

Depois dela
Fiquei assim
Sem mim
E sem ela.

In Paralelo 75,p. 263


Um POEMA, era o segredo mais bem guardado pelo Sr. Engenheiro!!!

O poema que escreveu quando a mulher o abandonou pelo cowboy americano, desde esse dia o Sr. Engenheiro deixou-se morrer.

7 comentários:

Jonas Prochownik disse...

Bela e comovente poesia. Abrs. do Jonas.

Dagarman disse...

Muito bom, excelente poesia.

Abraços e bjinhos

Minerva McGonagall disse...

A mulher deixou-o, e pior, deixou o filho, mas o erro dele foi tão grande como o dela, porque a partir desse momento, ele despejou no filho o ódio que sentia pela mulher que o traiu.

totoia disse...

Esse foi um dos motivos de ele voltar, reecontrar o filho e conciliar-se com ele.

Anónimo disse...

Passei para desejar bom dia e dizer que bonito poema.

totoia disse...

Obrigado pela visita Barão da Tróia II e um bom dia para si também.

Anónimo disse...

Belo Poema