09 julho, 2006

Não sou um caso raro...

"...- Disse-te que a maior parte as pessoas em Paris vive só, porque isso é outra das razões por que eu vivo cá. Não sou sum caso raro, em França. Em Israel, sou. As pessoas lá querem sempre saber por que é que não tenho filhos, por que não sou casada...e por que vivo na Europa. Estão sempre a perguntar-me «Acredita em Deus?», ou «Os Franceses ainda são anti-semitas?». Querem saber tudo. Mas eu não tenho respostas que os satisfaçam.

In, À Procura de Sana, pág. 117

Não é só em Israel que as pessoas querem saber tudo. Por cá também se passa o mesmo, fazem imensas perguntas e chegam a dar opiniões, mesmo sem serem pedidas.

3 comentários:

alyia disse...

Um belo livro :) tb li

Visi disse...

...e eu gosto que haja essa coriusidade de saber. È muito positivo pois podemos todos passar os nosso conhecimentos e assim ficaremos mais ricos!


Joquinhas

Alien David Sousa disse...

O que deve ser bastante chato....